Páginas

Vídeos sobre a Cabala

Loading...

sábado, 25 de abril de 2009

A Luz Está Fazendo com que o Mundo Mude Sua Perspectiva

O mundo está progredindo rapidamente para a compreensão de que a origem da crise é o nosso egoísmo. As pessoas começam a entender que o mundo é integral e que todos estão interconectados. Ninguém quer isso, mas estamos começando a aceitar este fato!

Observem o que está acontecendo nos Estados Unidos: o Presidente Obama critica a AIG pela distribuição de bônus a seus empregados. Até certo tempo atrás esta prática era perfeitamente normal, mas hoje, é inaceitável: “As pessoas estão sofrendo e vocês estão ganhando bônus?!”.

O enfoque Norte-americano costumava ser: “O que me importa toda esta gente?! Deixe que se irritem!” Mas hoje em dia, tudo é diferente. E não é o Obama quem está encabeçando a revolução: são os tempos que mudaram. Hoje ele pode dizer coisas que não era capaz de dizer antes, e isso atesta que estamos numa nova era, numa situação bem diferente.

Então, por que podemos dizer agora às pessoas com dinheiro que elas não podem tomar mais o que os outros têm? Porque existe uma compreensão geral de que estamos todos interconectados e que estamos dentro do mesmo barco. O fato de que isso esteja ocorrendo não é um acidente. É a revelação da conexão entre todos os segmentos do universo.

Repentinamente, os Estados Unidos começaram a se preocupar com os habitantes de una cidade de tendas! Certamente que se poderia fazer mais - muito mais. Entretanto, este é um fenômeno novo em si mesmo. Alguém se preocuparia com eles antes? O enfoque anterior era, “Se você não tem uma casa é problema seu! Ninguém se importa!”. Mas hoje, isso se tornou um problema nacional. O mundo está passando por gigantescas transformações.

Mas o homem não pode se transformar sozinho. É a Luz que transforma as percepções das pessoas e os pontos de vista mundiais.

Os problemas do mundo são nossos problemas

Publicado em 16 de Abril de 2009, às 22h25min

Alguns políticos quiseram explicar que tudo depende das relações entre nós, mas não têm meios para fazê-lo. Uma vez que alguém explique que cada indivíduo depende dos demais, está obrigando todos a começar a unir-se ente si. Isto significaria romper com todos os sistemas que existiam anteriormente, incluindo os sistemas de defesa nacional, os sistemas políticos e as forças de oposição entre os indivíduos. Depois de tudo, até agora tudo o que fazíamos estava baseado na concorrência, na luta e na política: um banco competindo com outro, uma economia contra outra e assim sucessivamente.

Agora é necessário destruir tudo isso, mas, como conseguir, se toda a base do poder dos indivíduos com autoridade neste mundo depende desses fatores? Além disso, ao demolir o antigo sistema, teríamos também que conseguir que as conexões entre as pessoas fossem congruentes com as leis da Natureza, semelhantes à Natureza, e isso exigiria um grande esforço de nossa parte.

A crise foi provocada por nossa falta de harmonia com as leis da Natureza. E se abrirmos esta caixa de Pandora, entraremos na arena para enfrentar a maior concentração de poder, força, dinheiro e exércitos. Em outras palavras, invadiremos a praça onde se esconde o egoísmo mais potente. Estas pessoas em particular devem dar-se conta que são completamente opostas à Natureza: que são desnecessárias e prejudiciais.

Então, chegaremos a uma situação parecida com a descrita por Karl Marx. Vocês podem imaginar quantos problemas terão que surgir antes que tudo venha à superfície?

Poderia nos parecer que estes problemas são alheios, globais e muito distantes de nós, e nos perguntar: onde estão, e o que tem isto a ver comigo? Porém, é um fato que eles determinam nosso destino e nossa vida cotidiana.