Páginas

Vídeos sobre a Cabala

Loading...

domingo, 6 de abril de 2008

A Cabala Explica a Biblia


O que leva alguém a ser o autor do livro mais vendido em todo o mundo? Aparentemente, é preciso ser alguém que descobriu um mundo onde não existem palavras e que achou, no nosso mundo, palavras para descrever o que encontrou.

Mas não é apenas isso. Quando bebê, o autor da Bíblia foi achado pela filha de um governante do Egito, o Faraó, deitado em um berço de papiro as margens do Rio Nilo. Ele foi criado na casa do Faraó e viveu como filho do rei, vivendo uma vida de luxos. Mas, um dia, Moisés descobriu que ele não pertencia mais aquele lugar e, a partir de então, iniciou uma jornada que o levou ao Mundo Superior.

E, muito embora Moisés estivesse em muitos lugares, o Mundo Superior que ele descobriu não estava situado fisicamente neste mundo. Era, na realidade, um mundo interno de sensações completamente novas, inatingíveis pelos nossos 5 sentidos.

Quando pensamos sobre um “mundo”, a imagem que nos vem à mente é a de um espaço físico vasto, repleto de todos os tipos de objetos, plantas, animais e seres humanos. O Mundo Superior, no entanto, é sentido pela vida interna de uma pessoa, onde é possível conectar-se às forças que operam por trás da realidade que percebemos pelos nossos 5 sentidos, chamado de “nosso mundo”. No nível mais alto do Mundo Superior, descobre-se que todas essas forças estão conectadas a uma única e unificadora Força Superior, chamada de Luz Superior.

Palavras deste Mundo, Significado do Mundo Superior

Muito embora Moisés tenha escrito a Bíblia há muito tempo atrás, a Bíblia ainda e o mais famoso livro já escrito. Originalmente, foi escrito em hebraico e, seu nome hebraico, “A Tora”, nos dá uma percepção sobre seu verdadeiro significado e intenção: a palavra Tora vem da palavra hebraica Ohr –Luz, e Hora’a – instrução. A Bíblia é, portanto, um manual de instruções sobre como sentir a Luz Superior, presente no Mundo Superior que Moisés encontrou.

No entanto, como não existem palavras no Mundo Superior, A Tora utiliza palavras deste mundo para descrever o Mundo Superior. Como podem as nossas palavras descrever o Mundo Superior? A cabala explica que as forças espirituais do Mundo Superior governam tudo no nosso mundo e, portanto, cada força no Mundo Superior manifesta-se no nosso mundo. As forças no Mundo Superior são chamadas de “raízes” e suas manifestações no nosso mundo são chamadas de “ramos”. Assim, a linguagem utilizada na Tora e chamada de “Linguagem dos Ramos”.

Funciona assim: quando Moisés queria descrever algo no Mundo Superior, ele a nomeava como algo no nosso mundo. Por exemplo, se um objeto espiritual manifesta-se no nosso mundo como uma pedra, ele chamava aquele objeto espiritual “uma pedra”. Então a palavra “pedra” não se referia a pedra que nós vemos e sentimos no nosso mundo, mas à raiz espiritual que se manifesta no nosso mundo como uma pedra.

Da mesma forma, cada palavra na Bíblia descreve os acontecimentos do Mundo Superior. E, quando lida desta forma, a Bíblia pode ser utilizada como o autor tinha em mente: como um guia para aquele que inicia uma viagem de descoberta espiritual.

Quando as palavras perdem seu significado

Milhares de anos se passaram desde que Moisés elaborou seu livro e, com a passagem do tempo, o significado cabalístico da Bíblia foi esquecido. No lugar de ler a Bíblia para entrar no mundo espiritual e sentir a Luz Superior, muitas pessoas começaram a pensar que a Bíblia falava sobre coisas no nosso mundo: sobre relacionamentos entre pessoas, ensinamentos morais e conselhos sobre como lidar com assuntos mundanos. Outros acreditavam que a Bíblia era uma narrativa histórica. De qualquer modo, eram interpretações equivocadas do texto, uma vez que está escrito na Linguagem dos Ramos e trata somente do Mundo Superior.

Contudo, há evidencias arqueológicas de que os eventos históricos descritos na Bíblia realmente ocorreram no nosso mundo. Os cabalistas apóiam a idéia de que nenhum desses eventos realmente ocorreu no nosso mundo? Não, pelo contrario: eles nos ajudam a compreender porque isso tudo aconteceu no nosso mundo.

Como já mencionado, cada objeto e evento neste mundo é criado e governando pelas suas raízes no mundo espiritual. Portanto, se um objeto espiritual existe, ele tem de se manifestar também no nosso mundo. E por isso que, embora a Bíblia descreva apenas o Mundo Superior, os eventos correspondentes devem ter ocorrido também no nosso mudo.

Lendo Cabala da forma correta

A idéia principal aqui é que os cabalistas consideram que os objetos espirituais e eventos – as raízes – são infinitamente mais importantes do que suas conseqüências materiais. Eles explicam que um cabalista com a elevação espiritual excepcional que alcançou Moisés não poderia ter escrito nenhuma palavra com o objetivo de nos relatar sobre história ou ética. Na verdade, o seu único objetivo seria revelar o Mundo Superior à humanidade, para ajudar-nos a senti-lo na forma como ele sentiu e para ajudar-nos a realizar o objetivo final da nossa existência.

Portanto, a maneira correta de ler a Tora é perceber que cada palavra se refere a uma força espiritual no Mundo Superior. A partir de então, a pessoa começa a gradualmente a relacionar-se com essas forças e senti-las, como fez Moisés.

Aqueles que já desenvolveram a habilidade de sentir o Mundo Superior são chamados de “cabalistas” e quando eles lêem a Tora eles não percebem eventos históricos ou ensinamentos morais. No lugar, eles vêem claramente como as forças espirituais governam a nós e a tudo ao nosso redor e como tudo se une no infinito, na Luz Superior.