Páginas

Vídeos sobre a Cabala

Loading...

terça-feira, 22 de maio de 2012

Educação Global para um Mundo Global

 
Global Education for a Global WorldO mundo hoje é integral e global. Assim, conexões entre nós devem tornar-se integrais e globais também. Tal uma mudança é possível apenas ao educar para a globalidade. Cada pessoa no mundo deve perceber que no novo mundo, estamos todos interconectados, e logo devemos ser mutuamente considerados.


Uma instituição educacional-académica deve ser estabelecida no espírito de entendimento mútuo e colaboração como promovido pela UNESCO, para qualificar jovens a servir como “Educadores Globais.” Para estabelecer a instituição, as melhores mentes humanas que se preocupam com a educação devem ser reunidas, procurando construir o currículo requisitado.

Filantropos devem ser abordados com pedidos de apoio em:
  1. Estabelecer uma plataforma online;
  2. Montar uma infrastrutura de Internet nos países em desenvolvimento, para que os jovens possam ser capazes de se conectar ao sistema educativo complementar.
Sob conclusão da construção da instituição, um lançamento mundial do programa “Educadores Globais” deve ser feito. Formados do programa serão incorporados em programas existentes nos seus países, levando a uma revolução na educação.

Integrando Jovens na Criação de uma Sociedade Equilibrada, Considerada, Iniciada e Integral
Reconhecimento do papel imperativo dos jovens em moldar o mundo na era global levou a ONU a declarar este ano (12 de Agosto, 2010 – 12 de Agosto, 2011), o “Ano Internacional da Juventude.”Num documento escrito para a conferência, “Participação de Jovens em Transformações Sociais: Iniciativas e Participação,” a decorrer em 2-3 de Março em Moscou, organizada pelo Secretariado da UNESCO em Moscou e a Federação para a Paz e Conciliação, nos esforçaremos para oferecer uma nova perspectiva sobre a contribuição dos jovens à vida na era global, assim como esboçar uma proposta concreta para lidar com os desafios que os jovens presentemente enfrentam pelo mundo fora.

As Leis do Novo Mundo
Para ajudar os jovens a encontrarem o seu caminho na era global, devemos primeiro compreender as novas leis da vida em tal mundo, e as transformações que levaram a elas:
  1. O nosso desejo crescente de lucrar às custas dos outros evoluiu ao longo da história, fazendo-nos tornar entrelaçados uns aos outros em cada aspecto da vida: monetário, comunicação, política, cultura e assim por diante.
  2. Esse desejo levou-nos a um ciclo vicioso: Por um lado, estamos acustumados a um modus operandi egocentrico. Por outro lado, não conseguimos levar mais vidas imprudentese nos preocupar apenas com os nossos próprios interesses. Estes foram valores “do passado”, parte do mundo “eu”, ao passo que estamos a viver num mundo “nós”, global e integral.
  3. Pelas leis do novo mundo, somos todos interdependentes. Logo, devemos todos ter consideração uns pelos outros. Enquanto agirmos ao contrário, continuaremos a sofrer de crises em todo o reino da vida.
  4. Para quebrar o ciclo vicioso, cada pessoa deve reconhecer a natureza do mundo em que vivemos e compreender que no século 21, “A minha vida depende da minha atitude para os outros.”
De tudo o mencionado, é evidente que o mundo no século 21 não necessita apenas de soluções materiais, econômicas ou políticas. Ao invés, primeiro e antes de mais nada, o mundo de hoje necessita de uma solução educacional. E jovens, que sentem a falha entre o velho e novo mundo mais intensamente que qualquer um, devem estar na linha da frente desta educação.

Fonte:
http://social.un.org/youthyear/docs/background.pdf
http://ariresearch.org/pt/

imagem: http://claralauramaria.blogspot.com.br/2010/05/documentario-o-mundo-global-visto-do.html