Páginas

Vídeos sobre a Cabala

Loading...

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Além do Princípio do Prazer

Descobrindo a realidade do Prazer : Como é que vamos receber prazer, sem desvanecer-se? Saiba como...


A Sabedoria de como receber

Há raros momentos na vida em que sentimos que tudo à nossa volta é permeado por uma força especial, envolvendo-nos com bondade e permeando a todos com amor. Essa sensação nos trás o sentido mais intenso de prazer já experimentado. Quando você sentir isso, você saberá que  todos no mundo dariam qualquer coisa para experimentar .

Mas como se sabe, a nossa capacidade de sentir prazer é até maior que tudo isso. A sabedoria da Cabala, que é a sabedoria de como receber o prazer máximo, diz que essa sensação que parece ser um pico de prazer, é apenas uma dose microscópica do que se sente ao descobrir o reino espiritual da realidade.
Na verdade, a sensação espiritual é tão intensamente maravilhosa que nenhum de nós seria capaz de suportá-la dentro de nossa atual capacidade de sentir. Seria como ganhar um prêmio  de um trilhão de dólares: o seu coração só iria explodir a partir da intensidade da experiência.

No entanto, isto só é assim porque nossa capacidade de sentir é limitada. A Cabala nos ensina a desenvolver e expandir o prazer, alcançando um nível de percepção, onde nós experimentamos a eternidade, a perfeição, imensidão e infinito. A fim de expandir a nossa sensibilidade, nossa capacidade de sentir e experimentar o prazer temos que aprender a receber prazer de uma forma inovadora, onde o prazer que sentimos sempre vai expandir, em vez de diminuir.

Por que não podemos sentir prazer duradouro direto aqui e agora?

Sem perceber, todos nós recebemos o prazer egoísta, razão pela qual o prazer que sentimos é tão breve. Toda vez que gostamos de algo, o prazer dura apenas um momento e depois desaparece. Às vezes, dura vários minutos, horas ou mesmo semanas, se a coisa que nós recebemos é muito grande, como uma casa nova ou uma viagem emocionante. Mas, finalmente, todo o prazer que sentimos termina e desaparece.

Nosso problema é que tentamos satisfazer-nos diretamente, e a realização imediata neutraliza o nosso desejar por isso. Não importa o quão apaixonadamente queremos alcançar algo, seja  comida, bebida, sexo, fama ou qualquer outra coisa, assim que conseguimos o prazer imediatamente desaparece. Desejamos tanto algo e passamos anos perseguindo, mas assim que recebemos, o prazer se vai.

Por que isso?! Você economiza dinheiro para uma casa nova por vários anos, então você finalmente a compra, e apenas algumas semanas ou meses depois, você já não tem aquela sensação de novidade e de prazer. Isso porque ao comprar a casa, o seu desejo se torna satisfeito e termina.

A Cabala nos ensina como contornar esse dilema através da construção de um desejo que é eterno. Assim, somos capazes de sentir prazer em tudo e, além disso, o nosso prazer cresce continuamente e se expandeEntretanto, somos como crianças sonhando com uma caixa de sorvete, mas na realidade, nós não seriamos capazes de comer mais do que três porções...



O segredo para um prazer duradouro é saber "Flertar” com ele


A Cabala revela um método imprevisto de receber prazer duradouro: tudo o que temos a fazer é "esconder” o nosso desejo em um processo que é muito parecido com paquera. Por exemplo, pense em como uma mulher cobre a si mesma para então gradualmente se revelar. É um jogo onde a beleza e o prazer são revelados a partir da ocultação. A ocultação atrai, provocando o prazer  a ser revelado.


Da mesma forma, enquanto o prazer duradouro que almejamos está oculto de nós, temos que adquirir o desejo de sua revelação. Uma vez que nós revelamos o prazer, o truque para mantê-lo é ir escondendo essa revelação de nosso próprio desejo egoísta. Se nosso véu esconde o prazer a partir do nosso egoísmo, erguemo-nos acima do nosso desejo egoísta para revelar um grande prazer espiritual. E esse é o caminho para alcançar a satisfação duradoura. A Cabala é o método de como guardar o prazer que alcançarmos, garantindo que irá nos satisfazer, sem nunca se desvanecer. Como resultado, conseguimos uma sensação de vida eterna e perfeita.

A unica razão pela qual sempre nos sentimos sem valor, com defeito e mortais é porque rejeitamos a partição que deve existir entre o prazer e o desejo. Aliás, as pessoas que trabalham com tecnologia  sabem como implementar esse princípio. Eles não conectam dois fios diretamente porque isso causaria um curto-circuito. Em vez disso, colocam um resistor entre  eles, o que produz um resultado benéfico. No entanto, quando se trata de nossas vidas desconsideramos este princípio, e  isso é porque os nossos aparelhos funcionam enquanto que permacemos incompletos.

A maior sabedoria do mundo está em saber como manter a cobertura que guarda ou oculta o maior prazer do mundo, a espiritualidade. Então, a ocultação sempre nos atrai. É assim que vamos revelar o eterno, o mundo espiritual perfeito e todos os seus prazeres.

O ponto no coração é um desejo de espiritualidade que desperta a partir de desejos egoístas, que um indivíduo não pode satisfazer. Quando o último grau na evolução do desejo humano, o desejo  de  espiritualidade, é evocado, é chamado um ponto no coração. Além dos prazeres  mundanos - comida, sexo, família, riqueza, poder e conhecimento - um desejo por algo mais se desenvolve, é o ponto no coraçãoO ponto no coração é como uma gota de desejo, um anseio à realização suprema. Este ponto é  sentido como luz, ou a sensação de nossa fonte. A partir desse ponto, a evolução espiritual de uma pessoa inicia.