Páginas

Vídeos sobre a Cabala

Loading...

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Mulher: A Origem da Vida (Espiritual)

Nós mulheres sempre queremos algo. Até que enfim, há uma explicação para este fenômeno - leitura recomendada para homens e mulheresUm estudo publicado na edição de Julho do Journal of Happiness Studies (Jornal de Estudos da Felicidade) informa que, embora as mulheres comecem a vida adulta mais felizes do que os homens, elas são menos felizes quando atingem a meia-idade. O estudo analisa dois fatores de bem-estar - financeiro e familiar, e revela que os homens e mulheres transformam as aspirações de modo diferente. Em outras palavras, os nossos desejos são diferentes.

Se procurarmos por um padrão, descobriremos que os homens tendem a ficar mais facilmente satisfeitos com fontes materiais de satisfação, tais como bens de consumo, uma bela casa, um carro vistoso, viagens e esportes. Embora as mulheres também desejem algumas destas coisas, tendem a almejar algo mais. À medida que elas se tornam maduras, percebem que as coisas materiais não trazem uma satisfação duradoura. Não importa o quanto elas ganhem, quão bom seja o seu casamento ou bem sucedida a sua carreira, elas ainda são mais susceptíveis a ficar insatisfeitas.

A Percepção da Mulher

Na verdade, uma mulher percebe tudo de modo distinto do homem. Ela tem percepções adicionais porque dá à luz a nova vida. Isso é óbvio no mundo físico, mas também é verdadeiro no mundo espiritual. Uma mulher, sendo a “fonte da nova vida”, também sente mais intuitivamente a vontade de uma nova vida espiritual. Os homens, por outro lado, tem de trabalhar mais para desenvolver este desejo, pois ele não surge naturalmente neles.

O desejo latente que as mulheres têm pela espiritualidade é justamente a razão pela qual elas crescem insatisfeitas com tudo que têm. Consciente ou inconscientemente, as mulheres começam a buscar uma fonte mais intensa de satisfação, que resulta em seu persistente sentimento de descontentamento com qualquer coisa que possuam no mundo físico.
Homens, Mulheres e a Satisfação Espiritual

O desejo pela espiritualidade vem do fundo do coração. Os Cabalistas referem-se a ele como “o ponto no coração”, que é uma pequena “centelha” de espiritualidade. Uma vez despertado, ele continua a crescer, levando-nos mais alto no mundo espiritual até que ele preencha toda a nossa experiência e percepção.

Tanto os homens quanto as mulheres podem sentir esse desejo, mas a mulher é mais apta a persegui-lo seriamente. Tão logo ela sinta as novas possibilidades oferecidas por este novo desejo, seu foco se desloca diretamente para ele. Ela percebe intuitivamente que ele é a única coisa capaz de trazer satisfação duradoura, realização e felicidade verdadeira.

Entretanto, uma mulher não pode desenvolver este desejo isoladamente. Ela o desenvolve exatamente compartilhando sua paixão pela espiritualidade com todos a sua volta. Ela é capaz de incitar nos outros uma paixão por desvendar e atingir o mundo espiritual, e assim cumprir seu papel feminino como a origem da vida, cultivando vida espiritual nos outros.

Por incrível que pareça, uma forma do homem expandir o seu desejo espiritual é absorvendo-o de uma mulher. Diferentemente das mulheres, no entanto, a natureza dos homens não é baseada no desejo, mas na satisfação do desejo. Por isso, quando os homens desenvolvem sua centelha espiritual, permitem que o desejo da mulher seja satisfeito. Isso porque no mundo espiritual, não existem corpos, mas apenas desejos e propriedades. Através da percepção de sua natureza espiritual, as mulheres fornecem um desejo espiritual, e os homens fornecem uma satisfação para este desejo.

É assim que homens e mulheres complementam-se um ao outro espiritualmente, e permite que ambos alcancem um estado de perfeição e satisfação sem limites.

Post original do Jornal Kabbalah Today Traduzido por Marcelo Pinto.