Páginas

Vídeos sobre a Cabala

Loading...

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Quem é o Verdadeiro Inimigo na Guerra ente Rússia e Geórgia?

Nós podemos fazer acusações em qualquer direção, mas não encontraremos o inimigo em nenhuma parte “lá fora”, porque ele está dentro de nós. A Cabalá oferece uma nova tática para se opor a sua ofensiva.Não é Apenas um Problema da Georgia

A guerra entre a Rússia e a Geórgia parece ser apenas mais um conflito regional, considerando que a maioria de nós nunca ouviu falar dos territórios em discussão - Ossétia do Sul e Abkházia. Mas, como tudo o mais na era da globalização, o mundo todo está participando deste conflito e todos estão preocupados com as suas conseqüências.

“É importante que o mundo entenda que o que está acontecendo na Geórgia neste momento afetará a ordem mundial,” disse o ministro georgiano Temur Yakobashvili. “Não é apenas um problema da Geórgia, mas de todo o mundo” (Revista TIME). Todos os participantes deste jogo estratégico têm algo a perder ou algo a ganhar, e, conseqüentemente, suas próprias opiniões sobre quem está certo e quem está errado nesta guerra.

Os Estados Unidos dependem do apoio das tropas georgianas no Iraque. A Europa depende muito da Rússia no fornecimento de energia. Israel tem relações antigas com a Geórgia, mas também precisa da Rússia como aliada para combater a ameaça do programa nuclear Iraniano. Os países da Europa Oriental, como a Polônia, são altamente dependentes da Rússia em recursos, além de serem também mais suscetíveis de serem ameaçados por seu “irmão mais velho”.

Estas são apenas algumas das considerações que as nações têm quando formam suas opiniões sobre quem apoiar nesta guerra - e a cobertura dos meios de comunicação reflete esta complexidade. Não há falta de opiniões sobre o que realmente acontecendo na região do Cáucaso, quantos feridos existem até agora, quem está errado e quem está certo, por que esta guerra começou afinal (antes de mais nada), e quais serão suas conseqüências futuras, a longo prazo. Mas qual é realmente a causa da guerra, e a quem se deve realmente culpar?

Conheça o Seu Inimigo

Do ponto de vista da Cabalá, não importa como você interpreta os fatos e quem você culpa, todos os envolvidos são vítimas do maior de todos os agressores - o nosso próprio egoísmo humano.

Enquanto especialistas políticos, analistas econômicos, etnólogos e outros especialistas estão debruçados sobre suas mesas escrevendo relatórios complexos, estes estão simplesmente olhando no lugar errado. Eles estão julgando as conseqüências externas, mas ignorando a causa interna.

O egoísmo humano é o criminoso calculista e invisível que leva as pessoas a lutar, nações a se enfrentar, e milhares de civis inocentes a se tornarem vítimas da guerra. O egoísmo é uma força naturalmente enraizada dentro de nós, e enquanto formos movidos por ela, continuaremos a nos envolver em guerras e conflitos inconciliáveis.

O Caminho para a Paz

Na verdade, o nosso próprio egoísmo nos fará perceber que devemos nos separar dele. Mas se continuarmos esperando que este processo aconteça por si só, daremos espaço para maiores guerras e conflitos, os quais, como dissemos, estão se tornando cada vez mais globalizados. Seguindo por este caminho, o nosso egoísmo nos encurralará com grande sofrimento e, não obstante, nos forçará a reconhecer que devemos nos elevar acima dele.

A Cabalá oferece um outro caminho - a transformação pela escolha. Em vez de esperarmos o sofrimento nos convencer­ a nos livrarmos do egoísmo, podemos nos elevar acima do egoísmo de modo independente e começar a resolver as nossas diferenças a partir de um nível mais elevado de consciência. Escolhendo este caminho, experimentaremos um desenvolvimento estável e agradável em direção a um novo mundo de reciprocidade e doação.

A Cabalá oferece o método pelo qual todos possam aprender a transcender o egoísmo e desenvolver sistematicamente um novo sentido da nossa realidade.

Assim como as conseqüências da guerra são um problema de todos, a sua causa é responsabilidade de todos. Conseqüentemente, a abordagem pragmática dos Cabalistas visa disseminar abertamente o único método que pode nos elevar acima do nosso egoísmo hostil, e nos conduzir à uma realidade pacífica.

Post original do Jornal Kabbalah Today Traduzido por Marcelo Pinto.