Páginas

Vídeos sobre a Cabala

Loading...

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Obesidade: Uma Carência de Comida Espiritual?


Hoje em dia, todo mundo está calculando suas calorias – mas o problema da obesidade só cresce. A Cabalá explica que esta epidemia é outro sintoma de que o homem moderno não está adquirindo sua "comida espiritual".

Não é segredo que a obesidade e o sobrepeso estão aumentando anualmente. De acordo com o The National Center for Health Statistics, nos últimos 20 anos houve um aumento surpreendente da obesidade nos Estados Unidos, e em 2003, 66% dos adultos norte-americanos estavam obesos ou acima do peso.

"Até as crianças ganharam peso", informa a Live Science. "O peso médio de um menino em 1963 era 33,6 quilos; em 2002 o peso médio era quase 38,5 quilos. Entre as meninas, este número passou de 35,1 para 39,9 quilos." A Organização Mundial da Saúde estima que em 2015, aproximadamente 2,3 bilhões de adultos estarão acima do peso e mais de 700 milhões estarão obesos.

Esta epidemia está custando não apenas a auto-estima, bem-estar e saúde das pessoas, mas também grande quantia de dinheiro. De acordo com o The Surgeon General's Call to Action to Prevent and Decrease Overweight and Obesity, o custo da obesidade nos Estados Unidos em 2000 foi superior a 117 bilhões de dólares. O dinheiro é gasto em várias coisas, de dietas a tratamento de doenças associadas à obesidade, sem mencionar os bilhões de dólares que as empresas estão perdendo devido às doenças de seus empregados, relacionadas à obesidade.

Na realidade, os efeitos da obesidade são sentidos por toda a parte. Um especial da CNN no dia 14 de novembro revelou que as companhias aéreas estão planejando cobrar uma controvertida "taxa de gordura", porque pessoas com sobrepeso significam maiores despesas com combustível para as companhias e menos espaço nos assentos para clientes mais magros.

Alguns cirurgiões estão se recusando a operar pessoas com sobrepeso por causa do aumento dos riscos envolvidos; e até mesmo a Disneylândia foi afetada – ela fechou e "renovou" alguns de seus veículos porque muitos clientes, excessivamente grandes, estavam causando estragos - conforme um artigo da Wired Network.

Mas, talvez, o pior de tudo seja as preocupações envolvidas com a saúde. O Centers for Disease Control and Prevention declara que, quanto mais obesa for uma pessoa, maior a probabilidade dela ter problemas de saúde. O nutricionista australiano John Tickell afirma que o diabete tipo II - uma doença associada à obesidade é a doença com o maior crescimento no mundo. Outras doenças relacionadas à obesidade incluem hipertensão, doença coronariana, derrame cerebral e câncer.

A Verdadeira Fome Interior

Inegavelmente, algumas pessoas estão acima do peso devido a fatores hereditários, genéticos. Mas isto responde por apenas 20% dos casos, conforme o nutricionista John Tickell. Os outros 80% estão obesos ou acima do peso simplesmente porque comem demais - uma tendência que tem crescido dramaticamente nos últimos 20 anos.

Por quê? Tickell acredita que "Tudo está na atitude; tudo está no cérebro humano." É isto que determina se uma pessoa será gorda ou esbelta e comerá de forma saudável ou não.

A EMedicine Health divulgou uma opinião semelhante, declarando que algumas das razões para se comer demais podem ser: "depressão, desesperança, raiva, tédio e várias outras razões que não têm nada a ver com fome." Em outras palavras, "os sentimentos das pessoas influenciam seus hábitos alimentares, induzindo-as a comer demais".

A Cabalá estreita ainda mais o número de culpados – é o sentimento de vazio interior que surge da incapacidade de satisfazermos o nosso crescente egoísmo. Nós somos forçados a compensar aquele vácuo interno, a falta de satisfação e a sensação de vazio, com qualquer recurso – um deles é a comida. Em outras palavras, a epidemia de obesidade, que hoje se dissemina mundialmente é outro sintoma do vazio sentido pelo homem moderno.

Satisfação - Não Compensação

O aumento do egoísmo humano faz com que muitos de nós se sintam insatisfeitos, não importa o que façamos. Sempre continuamos "querendo algo", e não importa quantos bens adquiramos, ainda sentimos um vazio por dentro. Este vazio constante nos faz procurar por compensação, e, para alguns de nós, esta compensação é continuar comendo constantemente.

Mas não importa quanta comida consumamos, nosso vazio interior permanece insatisfeito, e a Cabalá explica que isto ocorre porque o que estamos desejando é, na realidade, incorpóreo. Inconscientemente, um desejo espiritual está evoluindo dentro das pessoas, e, no século 21, este desejo é maior (e mais faminto) do que nunca, exigindo sua satisfação.

Esta satisfação só pode ser espiritual, ou se você preferir, "comida espiritual."
Assim, a sabedoria da Cabalá não diz para a pessoa começar uma dieta. Em vez disso, ela trata a raiz do problema, mostrando-nos como satisfazer este desejo espiritual – nossa deficiência mais profunda. Quando finalmente nos dirigirmos à verdadeira carência, pensamentos como, "eu quero algo... mas eu não sei exatamente o que – talvez um pouquinho de sorvete", simplesmente desaparecerão. Como resultado de se engajar espiritualmente, a pessoa começa a pensar num nível completamente diferente. Ela começa a sentir a vida como uma aventura contínua, e, em cada momento da vida, sente-se interiormente energizada e satisfeita.

As crescentes taxas de obesidade e sobrepeso da atualidade não são mais que um sinal de que as pessoas estão desejando uma satisfação que não estão obtendo – a satisfação espiritual. Se entendermos isto, e aprendermos como satisfazer a nós mesmos, não precisaremos mais de algo "extra" do exterior.

Texto original:Obesity: A Lack of Spiritual Food?