Páginas

Vídeos sobre a Cabala

Loading...

terça-feira, 11 de maio de 2010

Homens e Sapatos Não Te Farão Feliz


Homens e Sapatos Não Te Farão Feliz
por Verônica Mengana
O que as mulheres realmente querem? A chave para a verdadeira felicidade está na ponta dos nossos dedos
Tu está feliz? Sim, estou falando contigo! Hoje, eu quero falar contigo, de mulher para mulher, abertamente e sinceramente. Eu quero que você realmente pense sobre isso. Você é realmente feliz? Se tu é honesta contigo mesma, sua resposta, provavelmente, será “não”. Talvez tu tenha realizados vários sonhos da tua vida: se casar, ter filhos, uma ótima carreira, independência financeira, e um estilo de vida saudável ou talvez não, mas, desprezando isso, muitas mulheres no mundo inteiro estão se perguntando: “O que aconteceu comigo?” Um recente estudo em relação à mulher americana, chamado “Mulheres menos felizes após 40 anos do feminismo”, notou que nós estamos de fato menos felizes hoje do que éramos há 30 anos atrás, apesar de todos os tipos de avanços modernos (Times Online).
Durante as últimas poucas décadas, parece que conseguimos realizar tudo que nós desejávamos. Queríamos ser mais independentes, então veio os direitos das mulheres e todos os tipos de oportunidades de educação e emprego. Ainda, estamos ficando mais desiludidas nesta área de vida. Outro exemplo é nossas expectativas irrealistas em relação aos homens. Frequentemente vemos os homens como fonte da nossa felicidade, mas maior parte do tempo não encontramos homens que estejam dentro dos nossos padrões, e mesmo se encontramos, com o tempo, ficamos desapontadas passado certo tempo.

Ok. Talvez homens e carreiras de trabalho não nos façam felizes, mas ir ao shopping certamente faz! No entanto, como muitas de nós já sabem, consumismo não tem fim e deixamos ele no nível “máximo”, nos levando, bem como os que estiverem à nossa volta, à exaustão. Então, porque não ainda não estamos nos sentindo felizes? Poderia ser que nós estamos procurando por satisfação nos lugares errados?
Em algum ponto, começamos a entender que talvez não consigamos encontrar felicidade externamente – através dos nossos maridos, carreiras ou “coisas”. Nosso instinto interno instigou uma procura por “algo a mais”, algum propósito maior de vida. Então tornamos nossa atenção para todo tipo de cursos espirituais, aulas, psicólogos, livros de auto ajuda e grupos de hyoga. Depois de muitas tentativas falhadas, no entanto, descobrimos que ainda temos um vazio, algo que procura por uma realização verdadeira. Essa é tu?
Estamos procurando por o quê?
O que aconteceria se eu fosse te contar que tudo que aconteceu até agora foi pré-determinado para poder te trazer aqui mesmo: esta situação na qual tu já se cansou de tentar se realizar somente para descobrir que tu ainda não está feliz. O que aconteceria se eu fosse ainda te dizer que a realização de uma mulher não acontece devido a sapatos, roupas, cosméticos, feriados, homens ou meditação; e todas essas coisas nunca trarão a realização espiritual que uma mulher realmente precisa?
Nos nossos tempos, estamos começando a ver que uma mulher só pode realmente ser feliz quando ela está diretamente em contato com uma força superior. Tu pode chamar de natureza ou criador, mas é algo do qual nos distanciamos e estamos desesperadamente procurando nos aproximar. Mesmo com todos os nossos avanços modernos e a realização de todos os nossos objetivos, nós ainda temos presente um sentimento interno de não estarmos satisfeitas. Esse sentimento de “falta” é inerente em cada mulher porque sua raiz espiritual é “um absoluto desejo de receber” ou como a cabala explica, o kli que o criador criou para poder preenche-lo com prazer. Tudo que foi criado, foi pelo único propósito de nos trazer (a vontade universal de receber) prazer.
Nosso desejo por realização é o que impulsionou todo o desenvolvimento humano desde as sociedades antigas até a atual. No entanto, devido ao nosso ego coletivo moderno, nosso desejo por prazer cresceu tanto, que as concretizações do passado já não nos servem mais. Hoje, precisamos de realização espiritual ou nada mais.
Encontrando verdadeiras realizações
Cada vez que tentamos encontrar realização em qualquer prazer neste mundo, na verdade, é o contato com a força superior, o criador, que realmente desejamos. O propósito de todo o nosso desenvolvimento e nossa pesquisa é para nos trazer a este ponto de exaustão, quando nós simplesmente não conseguimos nos satisfazer com as coisas deste mundo. É nesse exato momento que temos a oportunidade de olhar para dentro de nós para iniciar uma viagem para a verdadeira, perfeita e eterna realização.
A sabedoria da cabala é um método prático que pode mostrar a uma mulher como se ligar à sua raiz espiritual numa forma prática e consciente. A sabedoria pode nos mostrar como encontrar realização eterna através da execução de uma coisa que nunca tentamos: receber prazer para poder dar prazer a quem nos criou. Quando mudamos a intenção do nosso desejo que é  “para nós” por “para o próximo” e quando nós encontramos prazer no agrado de alguém, a satisfação que sentimos se intensifica exponencialmente e é duradoura. Então, porque não desviar do shopping, deixar seu marido ou namorado em casa, deixar de lado aquela reportagem de “10 passos para a felicidade” e deixar um tempo disponível para explorar sua raiz espiritual, o desejo feminino, através da sabedoria da cabala?